4 cuidados antes de definir os brincos para formatura

4 cuidados antes de definir os brincos para formatura

Quase 5 anos de ralação nos estudos, de finais de semana sem nenhuma diversão e de sufoco para pagar as mensalidades, mas finalmente chegou o seu dia!

A formatura não é o fim da jornada, mas representa o mais importante degrau desde que você pisou numa escola com vistas a se tornar alguém na vida. Portanto, nada mais justo do que comemorar.

O vestido já está nos trinques, escolhido a dedo faz alguns meses, mas, agora que a grande data se aproxima, a inquietação surge em relação aos brincos para formatura — entre outros acessórios que você usará no evento de gala.

“Com que brincos eu vou?” não é uma pergunta à toa. Afinal, sabemos muito bem que a escolha dos acessórios influi no efeito que o figurino causará, podendo tanto abrilhantar um look despretensioso quanto melar uma montagem que tinha tudo para arrasar.

Como a formatura exige pompa e circunstância, a primeira peça do quebra-cabeça está posta: brincos para formatura devem ter um razoável grau de sofisticação.

Não quer dizer, por outro lado, que você precise empenhar suas economias numa joia caríssima. Uma semijoia, muito mais amigável do ponto de vista econômico e suficientemente requintada, dá conta do recado perfeitamente bem.

Mas isso não é tudo o que você precisa saber. Antes de sair à caça da semijoia mais elaborada que conseguir encontrar, seguem 4 cuidados para se ter na hora de definir os brincos para formatura. Acompanhe:

1. Observe a cor do vestido

Embora todos os detalhes sejam importantes, não há dúvida: o vestido da formatura é a estrela da noite. Ele é o alicerce da produção, o elemento de maior evidência e a referência para os demais itens. Em outras palavras, as características dessa peça central darão o tom do figurino.

E a principal característica do vestido é a cor. Seja alegre ou sóbria, a cor determina toda a montagem do look — ainda que os acessórios não precisem, necessariamente, adotar a mesma coloração. Aqui, a palavra que importa é: harmonização.

Os brincos não fogem à regra. Porém, eles podem, dependendo da situação, receber a missão de se contrapor à uniformidade do look.

Isso acontece quando o vestido apresenta uma cor neutra, o que abre espaço para o uso de brincos coloridos como forma de dinamizar o visual. Nesse caso, os brincos para formatura ganham protagonismo, influindo de forma decisiva no restante da produção.

Se, no entanto, o vestido possuir uma cor marcante ou um detalhe colorido evidente, aí os brincos se rendem a essa cor destacada para manter o equilíbrio do figurino. Um exemplo é o uso de um vestido azul e brincos com detalhes em pedrarias dessa cor.

2. Considere a parte superior do traje

Além da cor, os detalhes da porção superior do vestido são importantes para a eleição dos brincos para formatura corretos. Isso porque, dependendo do grau de elaboração dessa parte do traje, alguns elementos poderão entrar em choque, resultando num péssimo efeito visual.

Via de regra, as coisas ficam muito mais tranquilas quando o vestido em questão é de feitio mais simples: um tomara que caia ou uma peça com alças fininhas dá mais liberdade ao uso de brincos vistosos, pois essa composição clean pede um elemento marcante para quebrar a aparente simplicidade do look, garantindo dessa forma o toque de luxo necessário.

Todavia, se o vestido tiver gola alta ou com detalhes em renda, decote drapeado ou mangas, a escolha dos brincos fica mais restrita aos modelos menores e menos chamativos.

3. Dê atenção ao penteado

Uma coisa é certa: antes de fazer o juramento e erguer em triunfo o canudo, a formanda passará algumas horas no cabeleireiro, preparando um penteado para lá de caprichado.

Os cabelos sempre pedem atenção especial quando há algum evento importante à vista. Assim, o penteado vem logo depois do vestido na lista de prioridades do grande dia. Cumpre aos brincos, portanto, se adequar a mais esse item da produção.

Não há muito segredo, porém, os parâmetros envolvem duas situações: se você vai usar os cabelos presos ou se vai deixar as madeixas soltas.

O primeiro caso sugere o uso de brincos grandes, vistosos e brilhantes, enquanto que cabelos soltos pedem peças menores e mais delicadas.

Nada impede, entretanto, o uso de um modelo mais ousado e de muita personalidade. Estamos falando dos incríveis ear cuffs (quer saber mais a respeito? É só ler este post).

Ah!, já íamos nos esquecendo: se você é adepta de cabelos curtos, uma boa alternativa é o uso de maxi brincos. Fica um arraso, especialmente com os ombros à mostra e nenhum colar em volta do pescoço.

4. Harmonize os brincos com os demais acessórios

Até pode acontecer, mas não é comum que alguém pise no palco de uma festa de formatura usando, como único acessório, um par de brincos. Em alguns casos, a composição do figurino realmente pede que se deixe o pescoço nu, mas sempre haverá espaço para pulseiras, braceletes e anéis.

E como se faz para combinar todas essas peças? Diante do espelho fica mais ou menos fácil observar quando há algum exagero na produção, mas, para facilitar a tarefa, anote aí: é preciso buscar o equilíbrio.

Isso significa que, ao usar brincos para formatura de dimensões maiores (maxi brincos, por exemplo), o colar deve ser mais fino. Uma gargantilha do tipo choker pode ser uma boa opção.

O mesmo princípio deve ser aplicado ao uso de pulseiras e anéis: evite carregar o look com excesso de informação e procure harmonizar o conjunto dos acessórios, combinando os tipos de materiais, aplicando cores de acordo com a peça principal (no caso, o vestido) e buscando balancear o “peso” de cada acessório, dispensando alguns deles quando a composição exigir.

No mais, escolha seus brincos para formatura e demais acessórios com zelo e carinho. A ocasião merece! Dê preferência a peças mais elaboradas, feitas com materiais requintados (semijoias são uma excelente pedida), com uma boa dose de brilho e muitas pedrarias.

Monte seu look de maneira a tornar a formatura uma ocasião ainda mais inesquecível. E conte com a Linda Bela para deixar sua produção sem igual!

Para finalizar, aqui vai mais uma dica: por acaso você sabe quais modelos de brincos combinam com você? Este post aqui desfaz o mistério. É só clicar e curtir a leitura!

 


Comentários