7 dicas de conservação e cuidados com as semijoias

7 dicas de conservação e cuidados com as semijoias

Antes de aprender sobre a conservação e os cuidados com as semijoias é necessário partir do princípio de que, ao contrário de uma joia, a semijoia não é eterna.

Depois de alguns anos usando o mesmo brinco é fácil perceber que o brilho da peça já não é mais o mesmo. Muitas vezes esse é um sinal de que o uso desta semijoia atingiu seu limite e que a mesma já pode ser descartada.

Porém, existem algumas dicas de conservação que podem aumentar (e muito!) a vida útil das peças. Quer saber mais? Então fique com a gente!

1. Evite o contato excessivo com a água

Você pode até gostar de sol e praia, mas suas semijoias não vão ficar tão felizes assim. Elas irão, provavelmente, se desgastar devido à ação da água do mar ou do cloro da piscina.

Além disso, não é aconselhável tomar banho usando as semijoias. Por isso, guarde suas peças antes de entrar em contato com a água.

2. Tenha cuidado com produtos de limpeza

Dê um tempo para elas também na hora da faxina. Os produtos de limpeza costumam ser abrasivos e podem deteriorar as peças. Assim, é melhor encarar a limpeza doméstica de “mãos nuas”.

3. Espere os cosméticos secarem

Tintura de cabelos, perfumes, cremes e maquiagem são os próximos na lista. Não é o caso, aqui, de deixar de usá-los, mas apenas de evitar colocar colares e pulseiras antes de aplicar os cosméticos ou de passar seu perfume predileto.

Faça sua produção, aguarde alguns minutos e só depois acrescente suas semijoias, de modo a evitar que os produtos utilizados reajam com as peças.

4. Evite o contato com o suor do corpo

O seu próprio suor pode ser o vilão. Isso porque todo mundo produz uma substância conhecida como ácido úrico. Esse composto químico é expelido pelo suor em maior ou menor quantidade dependendo da pessoa.

Em taxas mais altas, ele acelera o processo de oxidação da prata e do ouro presente nas semijoias e, como resultado, elas escurecem. Sendo assim, não é recomendável praticar esportes usando as semijoias.

5. Evite o atrito com outras superfícies

Outra dica importante consiste em não utilizar as semijoias em trabalhos domésticos ou na praia. O atrito com louças, areia ou com outra superfície pode desgastar o banho, danificando a peça.

6. Guarde as peças com cuidado

Não se esqueça, ainda, de que é preciso armazenar as peças com cuidado para conservá-las por mais tempo.

O ideal é usar saquinhos de veludo para guardar as semijoias individualmente, evitando que arranhem umas às outras. Colocá-las em caixinhas separadas também pode resolver.

7. Atente-se ao risco de queda

Por fim, você deve ter atenção redobrada para não deixar sua semijoia cair no chão. As peças com cristais ou pedras naturais podem quebrar em casos de queda e, se isso acontecer, não tem conserto.

É importante ressaltar que o termo “mau uso” das peças está totalmente relacionado ao não cumprimento das dicas de conservação e cuidados com as semijoias. Afinal, quando essas orientações não são respeitadas, a vida útil da semijoia acaba sendo muito curta.

Além disso, vale lembrar que a política de garantia da maioria das empresas de semijoias não cobre danos causados por mau uso. Portanto, é importante seguir as orientações de conservação das peças para, assim, evitar frustrações futuras.

E então, já conhece as semijoias da Linda Bela? São produtos antialérgicos com 1 ano de garantia. Corre pro site!

 


Artigo publicado originalmente em dezembro de 2015 e atualizado em janeiro de 2018 pela equipe da Linda Bela.


Comentários