Argolas grandes são perfeitas para você?

Argolas grandes são perfeitas para você?

Tudo ia bem na festa até aquela amiga sua descolada aparecer no encontro da turma usando um incrível par de argolas grandes.

Claro, você vai dizer que sentiu apenas uma “invejinha do bem” (como se isso fosse possível), mas o fato é que ficou arrasada ao constatar como o acessório caiu bem nas orelhas dessa sua amiga (“nem tão amiga assim!”, a diabinha, ressentida, cochicha ao pé do seu ouvido).

Mas supondo que você nem tenha se abalado tanto, apenas admirado a beleza desse acessório bacana em rosto alheio, talvez possa ter surgido a seguinte dúvida: “Será que essas argolas grandes ficariam bem em mim também?”.

A dúvida se justifica pelo fato de esse tipo de brinco realmente ter um caráter bastante singular: impõe o seu protagonismo sobre o look, apresenta características étnicas e reforça um pouco o conceito de “girl power”.

Em resumo, é um artigo da moda repleto de personalidade e atitude.

Isso significa que ele não é para todo mundo? Seria controverso cravar um “não”, mas o fato é que nem tudo fica bem na gente — seja por uma questão de gosto, seja por uma questão de estilo ou outra incompatibilidade qualquer. Acontece.

E se tem acessórios passíveis de se submeter a esse julgamento são as argolas grandes, pode acreditar.

Mas não há razão para deixá-la na expectativa de saber se, afinal, essas maravilhas estão liberadas para o seu uso ou não. Que tal se a gente for logo descobrir? Vamos nessa.

Um pouco de história

Antes de partirmos de vez para a resposta à pergunta formulada lá no título, permita-nos somente fazer um pit stop pela história recente das argolas grandes. Afinal, muitas vezes o uso de um acessório está condicionado ao contexto — tome-se como exemplo os turbantes.

Nesse aspecto, podemos dizer que as argolas grandes têm sua origem moderna fincada lá nos anos 1980, como subproduto da cultura hip-hop. Era um período de exuberância e uma vitrine para maxi brincos com motivos geométricos, com as argolas oferecendo um meio-termo entre o extravagante e o requintado.

Uma década depois, o acessório tornou-se um elemento de sex-appeal, sendo associado às mulheres latinas, identificação que o cinema soube muito bem explorar. Ainda hoje, celebridades como Jennifer Lopez, Rihanna e Beyoncé são costumeiramente fotografadas ostentando glamourosas argolas grandes, que chegaram aos dias atuais sem perder o viço nem a relevância.

São o que se pode chamar de acessório atemporal.

Um pouco de ousadia

Já falamos sobre a aura de atitude que envolve as argolas grandes. Justamente por isso, muitas mulheres poderosas e seguras de si curtem exibir as peças em momentos-chave de suas trajetórias: uma festa para ficar na história, um evento repleto de belos rostos e produções, até mesmo um encontro despretensioso que pode mudar tudo em nossa vida.

Ou simplesmente porque você decidiu sair sentindo-se linda e poderosa — existe motivo melhor?

O fato é que usar argolas grandes pede uma certa dose de ousadia. Não é o tipo de brinco que vai passar despercebido, portanto é preciso estar preparada para os olhares que ele arrebanhará. Se você prefere ficar quietinha no seu canto, sem chamar demais a atenção (por uma questão de timidez ou estado de espírito), talvez não seja a escolha mais indicada.

Além disso, é preciso estar atenta aos sinais do ambiente. Se a ocasião pede uma produção mais sóbria, contida, é bem possível que as argolas grandes destoem do propósito da ocasião.

Resumindo: use argolas grandes se estiver no clima, se curtir produções mais exuberantes ou descoladas e se o momento der margem para essa liberalidade. Vale, porém, destacar que alguns modelos conseguem se encaixar em figurinos requintados à perfeição, podendo figurar em situações mais “sérias” sem causar embaraço a ninguém.

Uma dose de geometria

Mas há uma questão mais importante que rege o uso de argolas grandes: o formato do seu rosto.

Como se trata de um objeto com evidente representação geométrica, ele tende a acentuar determinadas características de sua face, o que pode resultar em um conjunto não muito harmonioso ao olhar — algo que o tamanho da peça apenas potencializa.

Trata-se de uma regra carregada de subjetividade, mas tomemos como parâmetro o seguinte: caso seu rosto tenha o formato arredondado, melhor evitar as argolas grandes, sob risco de criar uma associação com um trio de esferas — algo como o símbolo das Olimpíadas. Já pensou?

Já rostos com perfil oval e retangular são mais adequados aos aros grandes (se ficou na dúvida sobre qual é a forma do seu rosto ou qual tipo de brinco se harmoniza melhor com ele, dê uma olhada neste post aqui).

Uma combinação perfeita

Não adianta cismar em usar argolas grandes e colocá-las para brigar com o restante da produção, não é mesmo?

Nada disso: se decidiu usar brincões, saiba que eles devem ter todo o palco para brilhar.

Com isso, queremos dizer que é preciso preservar o equilíbrio do look. No caso de usar um par de brincos vistosos, deve-se evitar poluir o visual com um colar igualmente exagerado (do ponto de vista do tamanho, entenda-se).

Essa harmonização é fundamental para que sua montagem não fique poluída. Se vai de argolas grandes, deixe o pescoço nu — ou, quando muito, enfeitado com uma correntinha bem delicada. Maxi colar, nem pensar!

“Ah, mas eu queria tanto fazer uma produção mais ‘cheguei’”…. Ora, capriche no mix de anéis ou de pulseiras que está tudo certo. Só se atenha à correspondência entre os acessórios, procurando uma conexão entre materiais e cores para criar uma sintonia e valorizar o look.

Como sugestão “filosófica” final, use argolas grandes se o momento permitir e se o que você enxerga no espelho ficou agradável ao seu olhar. Se o “santo bateu”, não tem erro: pode usar sem medo.

Esperamos que essas dicas ajudem-na a decidir se as argolas grandes são perfeitas para você ou não. Se não forem, não fique frustrada: dê uma passada na loja virtual da Linda Bela e conheça as várias opções de brincos que temos ali. Certamente você encontrará aquele modelo que parece ter sido feito sob medida para deixá-la ainda mais atraente e feliz.

 


Comentários