Brincos da moda: veja as peças que estão em alta

Brincos da moda: veja as peças que estão em alta

Quem não conhece alguém que, tendo saído às pressas de casa, se pega paralisada ao descobrir que esqueceu de vestir as orelhas? “Sinto-me nua sem os brincos” é o comentário consternado que costumamos ouvir. Se houver tempo hábil, certamente a pessoa dará meia-volta e resolverá o problema. Sair sem brincos, jamais.

Realmente, esses acessórios são parte do dia a dia. Não importa a ocasião, não importa o momento, eles estão ali, embelezando o rosto, complementando o figurino e até mesmo comunicando uma atitude, reforçando a personalidade. Por isso, nada como dedicar um post aos brincos da moda.

É claro que há uma infinidade de materiais envolvidos na fabricação de brincos — dos mais nobres aos mais ordinários —, mas a ideia aqui é falar sobre semijoias (acessórios folheados a ouro ou ródio), pois elas unem preço e qualidade na medida certa.

Além do mais, não ficam a dever às joias no quesito design. Cada brinco da moda encontra a sua perfeita expressão num folheado, o que significa que você pode manter o look atual sem precisar sacrificar o orçamento nem sentir uma pontada de remorso a cada vez que fizer uma nova aquisição.

Dito isso, que tal conhecermos as peças que estão em alta? Vamos a elas:

1. Argolas

As argolas encabeçam a lista de brincos clássicos. Não saem de moda: ainda que fiquem fora das passarelas em alguns desfiles, há quem tenha por norma usá-las sempre. Hoje em dia elas têm funcionado muito bem como complemento às gargantilhas choker e aos vestidos camisola.

O que faz as argolas serem especiais é sua capacidade de atrair a atenção para o rosto. Mesmo as de tamanhos menores conseguem assumir o protagonismo do look, a depender da forma como é confeccionada (lisa ou com pedrarias) e da maquiagem ou penteado de quem as usa.

Via de regra, argolas emolduram a face de forma a deixar o rosto mais fino, impressão que pode ser reforçada pela maquiagem. Além disso, combinam com qualquer estilo e brilham em qualquer ocasião, pois o que não faltam são argolas de todos os tipos e tamanhos.

2. Brincos com cristais

Não é de hoje que os cristais foram apropriados pela moda e transformados em sofisticados acessórios de beleza.

Ainda que muitos modelos sejam especialmente desenvolvidos para acompanhar um figurino de festa, a variedade de formas e cores imprimida aos brincos com cristais permite que eles sejam usados em diversas outras situações — como uma combinação de jeans e blazer, por exemplo.

Porém, sempre que a ocasião exigir certo requinte, aposte nos cristais.

3. Brincos com zircônia

A zircônia é um mineral sintético utilizado na confecção de semijoias. Resistente e brilhante, ela se parece com o diamante — com a vantagem de que não custa como um.

Os brincos produzidos com esse material costumam ser delicados e muito femininos. Podem figurar na peça como cravações ao longo do metal ou como pingentes, e apresentar cores variadas ou tons neutros. Independentemente da aplicação, o fato é que a zircônia combina com folheados de qualquer natureza.

Sobretudo, essa pedra “de mentirinha” (existe uma variação “de verdade”, derivada do dióxido de zircônio, mas muito difícil de achar) compõe peças chiques de feitio variado. Dá para usar no casamento da melhor amiga ou num descontraído encontro com a turma do trabalho. Ou seja: quanto mais zircônia, melhor.

4. Brinco pizza

A zircônia está em tudo — inclusive no brinco pizza. O nome dessa semijoia se explica pelo formato: redondo e dividido em seções de pedrarias que lembram o corte dessa delícia da culinária italiana.

O brinco pizza nasceu como réplica de uma joia de grife e ganhou a simpatia das mulheres, em virtude de sua versatilidade: fica bem num jantar de gala e também nas correrias do dia a dia. Além disso, harmoniza muito facilmente com outros acessórios. O modelo com zircônias brancas é o “destaque do menu”.

5. Ear cuff

A noite promete e você está se sentindo especialmente para cima: caprichou no look e está disposta a arrasar, mas sente que alguma coisa está faltando… Brincos mais chamativos talvez? Considere, então, um belo par de ear cuffs. O brinco que pega a orelha toda é um acessório encorpado, estiloso e de muita personalidade.

Hoje em dia, graças ao empenho da indústria, há ear cuffs de todos os tipos: alguns mais sóbrios, outros delicados e os verdadeiros “brincões”, que não aceitam passar em branco na festa. Para quem faz o estilo descolado ou rocker, esse acessório cheio de atitude é quase um talismã.

6. Ear jacket

Variação do ear cuff, o ear jacket é uma espécie de brinco ao avesso. Diferente da maioria dos adornos de orelha, ele é caracterizado por uma pequena pedra na frente e um pingente colocado na parte de trás, onde fica a tarraxa. Esse segundo elemento se projeta na base da orelha como se fosse um brinco independente, mas com o mesmo perfil do primeiro, o que dá um efeito muito bonito.

Normalmente discreto, o ear jacket é um acessório que não escolhe ocasião nem companhia: aceita bem outros acessórios e não faz restrição a cortes de cabelo ou a tipos de rosto. Mas há um detalhe interessante: dá para combiná-lo com outros brincos e criar um modelito só seu!

7. Brincos dourados

Incrível como os acessórios dourados se tornaram populares! Isso se deve à capacidade que o dourado tem de compor looks modernos e muito luxuosos — podendo, com sua simples presença, dar um “up” em qualquer produção.

Os brincos dourados não fogem à regra. São versáteis e, com a variedade de modelos à disposição, podem figurar em qualquer situação. De simples argolas a elaborados pingentes cravejados de zircônias, o que não falta é opção. Os maxi brincos dourados, por exemplo, estão super-requisitados. Falando nisso…

8. Maxi brincos

Brincos grandões estão por aí há bastante tempo, sempre trazendo uma expressão de modernidade e atitude. As celebridades os adoram e, nas ruas, é fácil vê-los em mulheres de estilos os mais diversos.

Mas os maxi brincos são, por definição, acessórios extravagantes. Ainda que tenhamos modelos nem tão “maxi” assim, a prudência pede comedimento com colares e pulseiras. A regra é: quanto maiores os brincos, menores os demais acessórios.

Vale também evitar estampas grandes ou muitas cores. Um look mais despojado, tipo jeans e camiseta lisa, ou então uma blusa decotada, mas sem detalhes, faz uma bela “escada” para o brincão brilhar.

9. Brincos com franja

Brincos com franja (também chamados “tassel”) entram na categoria dos maxi brincos, mas merecem um tópico especial por conta de suas peculiaridades. Tendência há algum tempo, as franjas tomaram não apenas os brincos, mas roupas, bolsas e até sapatos.

No que diz respeito aos brincos, as franjas dão um ar sofisticado ao look. Porém, não se limitam a abrilhantar figurinos de noite. Na verdade, é na praia que os tassel se destacam, em razão de sua leveza e, dependendo do modelo, colorido. Também harmonizam com composições causais. Portanto, são bem versáteis.

Só dispense os colares ao usar brincos desse tipo para não carregar no visual. Anéis chamativos, por outro lado, estão liberados.

10. Brincos pequenos

Seguindo a máxima do “menos é mais”, temos os brincos pequenos, peças românticas e muito confortáveis que dão um charme especial a diferentes composições. Seu ponto forte é a suavidade: não atraem o olhar de uma forma ostensiva e complementam o look de maneira delicada.

Há muitos modelos de brincos pequenos, de argolas a ear jackets. Porém, dois merecem destaque: o ponto de luz, pela versatilidade (combina com qualquer visual e oferece uma elegância discreta ao figurino, podendo facilmente ser combinado com maxi colares), e o brinco de segundo furo, pelas possibilidades (convive com outros brincos na mesma orelha, produzindo composições estilosas e inusitadas).

11. Brincos com pérolas

Para fechar, mais um clássico: o brinco de pérolas. Difícil imaginar quem jamais tenha usado um par ao menos uma vez na vida. Prático, discreto e, ao mesmo tempo, sofisticado, o brinco de pérolas é uma opção certeira sempre que o look pedir requinte ou casualidade.

Naturalmente, há variações que provocam maior impacto: pingentes e aplicações que aproximam-no do universo dos maxi brincos. Há também modelos de ear cuffs que se beneficiam de aplicações de pérolas. Tudo, portanto, depende do seu estilo e personalidade.

Para quem faz o perfil romântico, no entanto, um belo par de brincos de pérolas tradicional é uma pedida de todas as horas.

Portanto, esses são os brincos da moda. A maioria tem em comum a capacidade de se adaptar a diferentes situações do dia a dia, fazendo uma companhia agradável em momentos de rotina ou excepcionais. Mais do que acessórios de beleza, brincos traduzem a sua personalidade ou estado emocional, realçando a beleza que há em você.

Aproveitando, aqui vai um convite: que tal conhecer a seção de brincos do site da Linda Bela? Todos os modelos descritos neste post estão lá (e muitos mais).

 


Comentários