Comprar semijoias é vantajoso?

Comprar semijoias é vantajoso?

É comum encontrar mulheres que ficam na dúvida na hora de comprar semijoias. Afinal, não seria melhor economizar e comprar várias bijuterias? Ou então: gastar muito mais em uma joia, mas com a certeza de que vai durar para sempre? São tantas as opções de acessórios que essa confusão é bem compreensível.

Para ficar em um meio-termo, a semijoia pode ser a solução para o caso. Isso porque ela não é tão cara quanto uma joia e vai durar muito mais tempo que uma bijuteria, ou seja, possui um ótimo custo-benefício.

Elaboramos este artigo com 11 motivos para você comprar semijoias hoje mesmo! Ficou curiosa? Então continue a leitura.

1. Substituem joias legítimas

Nos dias de hoje, é muito fácil encontrar semijoias sofisticadas e luxuosas. Assim, quando alguém usa uma peça deste tipo em vez de uma joia, a diferença será quase imperceptível a olho nu.

Com isso, comprar semijoias para eventos especiais é muito comum. Afinal, elas substituem as joias — visualmente — sem problema algum.

2. São menos visadas por ladrões

Infelizmente o roubo e o furto de joias acontecem com certa frequência no Brasil. Seja dentro de casa ou na rua, existem ladrões especializados nesse tipo de crime. Para ocorrências do tipo, as semijoias são mais seguras, pois chamam menos atenção.

Além disso, quando alguém carrega no corpo algo que não tenha um valor tão alto, essa pessoa se sente muito menos vulnerável do que se estivesse usando um anel valendo alguns milhares de reais.

3. Permitem adquirir uma grande variedade de produtos

Pelo fato das semijoias terem seu valor mais acessível que o da joia, podemos dizer que uma das maiores vantagens é a possibilidade de ter um grupo maior de peças.

Em vez de comprar uma única joia no valor de R$6.000,00, você pode pegar esta mesma quantia e investir em 60 semijoias de R$100,00, que terão o mesmo efeito visual do produto mais caro. Assim, serão feitas mais composições de looks, sempre com um toque diferente.

4. Possibilitam acompanhar as tendências com mais facilidade

Hoje em dia, as marcas de acessórios estão lançando produtos com uma velocidade incrível. Novos modelos de joias e semijoias são introduzidos no mercado a todo momento.

E, para acompanhar esse ritmo, as semijoias caem como uma luva. Afinal, por serem mais em conta que as joias, é possível encher o armário com anéis, pulseiras, brincos e colares de acordo as tendências da moda.

5. Podem ser utilizadas no dia a dia

Na maioria das vezes, por causa do alto preço e, consequentemente, maior atenção demandada, as joias são utilizadas somente em festas e ocasiões especiais.

Porém, quando o assunto é semijoia, essa regra não vale. Seja dentro de casa, no trabalho ou nos eventos da família, as semijoias permitem que as mulheres se sintam bonitas todos os dias!

6. Têm design robusto e bonito

Algumas pessoas acreditam que as semijoias podem ter um design simples, aquém da expectativa de quem compra. Porém, esse pensamento está totalmente equivocado. Atualmente os modelos de semijoias são robustos e muito bem elaborados, feitos por profissionais altamente capacitados.

O designer de semijoias começa desenhando o produto em programas de ilustração e modelagem 3D, ou até mesmo no papel. E, com toda a sua carga criativa e conhecimento de mercado, dá vida àquela peça que vai ser indispensável de ter.

7. Possuem um acabamento de qualidade

Muita gente não sabe, mas as semijoias passam pelo mesmo processo de fabricação de uma joia legítima. A diferença é que, em vez de serem feitas com ouro maciço, elas recebem uma camada de ouro por cima de outro metal menos valioso — são as famosas peças banhadas.

Sendo assim, podemos confiar bastante na qualidade do acabamento das semijoias, já que elas possuem uma espessa camada de metal nobre em sua superfície.

8. Podem ser antialérgicas

Outra grande vantagem é que semijoias de boa qualidade são antialérgicas e não causam irritações na pele. É importante ressaltar que, para ser considerada antialérgica, a semijoia não pode conter níquel em sua composição.

Ao comprar uma bijuteria, as chances de se ter uma reação alérgica são bem maiores em relação a uma semijoia. Afinal, as bijus têm um processo de fabricação mais barato, sem metal nobre e, muitas vezes, com a presença do níquel.

9. São fáceis de cuidar

Apesar de serem peças delicadas e necessitarem de pequenos cuidados, as semijoias são itens fáceis de manter com boa aparência e com brilho. Veja só:

Se precisar polir ou limpar a peça, é só usar uma flanela. Guardá-las em seus saquinhos não é algo trabalhoso de fazer. E não é nenhum sacrifício tirar um anel do dedo para evitar o contato com produtos de limpeza.

10. Duram muitos anos

É fato que uma semijoia não é eterna e que em algum momento ela deverá ser descartada. Porém, ao seguir as orientações de conservação, a peça ficará impecável e bonita por alguns bons anos.

Além disso, por receber um banho com alguns milésimos de metal nobre, a durabilidade de uma semijoia acaba sendo muito mais longa do que a de uma bijuteria, fazendo valer o investimento no produto.

11. São ótimas opções de presente

Pela versatilidade de modelos e por ter um alto nível de aceitação entre as mulheres, a semijoia se tornou um ótimo item para dar de presente a alguém.

Elas são boas escolhas para as datas comemorativas em que não sabemos ao certo como presentear nossas mães, esposas e filhas, por exemplo. Fazer compras para o Dia das Mães ou Natal fica muito mais fácil quando as semijoias entram em nosso leque de opções.

Conclusão

É claro que, no mundo ideal, toda mulher gostaria de ter um armário cheio de joias feitas com metais nobres maciços. Mas a realidade é que uma parcela muito pequena da população tem condições financeiras de arcar com esse nível de vaidade.

Por isso que as semijoias se popularizaram rapidamente nos últimos anos, como uma opção viável e atraente para grande parte das mulheres brasileiras.

E aí, está convencida de que comprar semijoias é vantajoso? Então visite a loja virtual da Linda Bela e conheça nossas peças!


Artigo publicado originalmente em maio de 2016 e atualizado em novembro de 2017 pela equipe da Linda Bela.


Comentários