Conheça a história de Nossa Senhora Aparecida

Conheça a história de Nossa Senhora Aparecida

O catolicismo é a maior religião do Brasil. São milhares de pessoas que seguem os princípios católicos, e que demonstram devoção à Nossa Senhora Aparecida.

A padroeira do Brasil aparece em folhinhas (calendários), camisetas, medalhas e pingentes que os devotos usam com a confiança de quem caminha sob a proteção divina.

Porém, a história de Nossa Senhora Aparecida guarda um simbolismo que as pessoas normalmente desconhecem. Quer saber mais? Continue com a gente!

A santa do Brasil

A história de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nome oficial da santa querida pelos brasileiros, inicia em 1717. Diz-se que um trio de pescadores lançou redes no rio Paraíba do Sul, no interior paulista, e tirou-a do fundo das águas.

Primeiro, recuperaram o corpo da imagem. Em um segundo lance, trouxeram à tona a cabeça da estátua da Imaculada Conceição, feita de terracota no estilo barroco.

O que tornou a descoberta milagrosa foi o fato de que vivia-se uma escassez de pescado. Contudo, logo após terem encontrado a santa, os pescadores supostamente fartaram-se de peixes.

Nossa Senhora Aparecida ganhou sua primeira capela em 1745. Foi erguida no Morro dos Coqueiros, então Vila de Guaratinguetá, atual Aparecida. Em 1834, a igreja foi ampliada e, em 1930, a santa foi proclamada pelo papa Pio XI a padroeira oficial do Brasil.

Atualmente, ela está abrigada no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, o qual recebe a visita anual de aproximadamente 12 milhões de fiéis.

Doação do manto e da coroa pela Princesa Isabel

O manto de Nossa Senhora Aparecida, assim como a coroa com a qual foi proclamada “Rainha do Brasil”, em 1930, foram presentes da Princesa Isabel.

A filha do imperador Pedro II visitou o santuário de Nossa Senhora em duas oportunidades. A segunda foi em 1888, ano em que assinou a Lei Áurea. Nessa ocasião, ornamentou a “santinha” com o manto e a coroa característicos.

De cor azul, simbolizando o céu, o manto é bordado com delicados florais dourados, que remetem à realeza e indicam a soberania da santa sobre o céu e a Terra.

Também é possível observar as bandeiras do Brasil e do Vaticano unidas em ambos os lados do sagrado manto, indicando que Nossa Senhora Aparecida é padroeira do Brasil, que está associado ao Vaticano, sendo, portanto, um país católico e sob a proteção da Rainha do Brasil.

Simbologia da Nossa Senhora Aparecida

A imagem original da Nossa Senhora Aparecida apresenta os pés da mãe de Jesus repousando sobre uma meia-lua. Esta faz alusão ao filho de Maria, nomeado a “luz do mundo”. Considerando que a Lua não possui brilho próprio, mas reflete a luz do Sol, a luz de Maria só pode provir de Jesus.

Há, ainda, uma quase imperceptível serpente sob os pés de Nossa Senhora. Como se pode imaginar, o réptil é uma referência ao pecado que há no mundo, em oposição à condição imaculada (sem pecado) da santa. Ao pisotear a cabeça da serpente, ela demonstra que venceu o mal.

Por fim, um anjinho e uma nuvem completam a imagem, indicando a morada eterna de Nossa Senhora Aparecida.

É claro que cada pessoa atribui um significado especial à Nossa Senhora Aparecida. Pode ser em razão de uma graça alcançada, do conforto ou da confiança que sua imagem confere. O importante é estar sempre junto com ela.

Para finalizar, o que acha de conferir a seção de semijoias com temas religiosos da Linda Bela? Assim, você fica por dentro das novidades e com a espiritualidade em dia!

 


Artigo publicado originalmente em julho de 2017 e atualizado em outubro de 2018 pela equipe da Linda Bela.


Comentários