Ear cuff: o que é e como usar o brinco que pega a orelha toda?

Ear cuff: o que é e como usar o brinco que pega a orelha toda?

Você acha lindo e moderno quando vê alguém usando, ama as fotos de celebridades em que ele aparece, mas não se considera “ousada” o suficiente para colocar aquele brinco que pega a orelha toda? Então, prepare-se para a boa notícia: existe ear cuff para todos os estilos e ocasiões!

O ear cuff (que num inglês rasteiro significa “punho de orelha”) é, ao menos na essência, um brinco visualmente marcante, cuja origem facilmente podemos situar em tempos remotos.

Algumas coisas parecidas com ele foram pintadas em afrescos egípcios, por exemplo. Já a versão contemporânea passou por orelhas aristocráticas, desceu ao underground e, dali, subiu às passarelas, fazendo a cabeça de muita gente influente.

De uns tempos pra cá, a moda voltou, puxada pelos desfiles das grifes de ponta, pelas aparições em tapetes vermelhos e pelo look de personagens de novela, aumentando o interesse do público pelo acessório.

O resultado disso foi que a indústria percebeu o filão e começou a investir em modelos variados, alguns fiéis ao propósito original (de cobrir a extremidade da orelha desde o lóbulo até a chamada hélice), ou mais alternativos, menores e mais discretos.

Foi a senha para que todo mundo pudesse escolher o seu — inclusive você. Falta só saber como usar. Melhor dizendo, faltava: neste post contamos tudo sobre o famoso brinco que pega a orelha toda.

Quando usar o ear cuff?

De fato, esse brinco é um acessório de muita personalidade. Mais do que isso, ele possui estilo. Tanto que algumas consultoras de moda recomendam seu uso apenas em ocasiões especiais, principalmente naquelas que envolvam um vestido de festa.

É que muito modelo de ear cuff é feito realmente para impactar. Quem veste a orelha com um normalmente espera que ele seja notado. “Poderoso” é um adjetivo muito bom para defini-lo, pois a peça se impõe no look e não aceita passar batida aos olhares.

Mas não há razão para relegá-lo apenas aos poucos momentos de gala. Dá para incorporar essa semijoia ao dia a dia, usando-a em ocasiões menos formais, para compor um figurino marcante e, sim, um tanto ousado.

Por outro lado, com tanta variedade, há os modelos mais delicados que brilham lindamente numa festa e os igualmente discretos que fazem bonito em situações de menos pressão, junto a um look bem casual.

O local que ele talvez não fique tão bem é no escritório, ou em algum evento corporativo. Seriedade ou sisudez, definitivamente, não é com ele.

Como usar o ear cuff?

Em virtude de suas características, o ear cuff é um item que excerce certa ascendência sobre o look, de maneira que a visibilidade que ele sugere seja garantida. Dessa forma, é importante ter atenção a certos detalhes na hora de usá-lo:

Deixe-o à vista

Se você pôs um brinco que pega a orelha toda, vai querer que todo mundo veja. Assim, caso o cabelo não seja curto, use um penteado que deixe o acessório à mostra.

Vale armar um coque, usar rabo de cavalo, uma presilha que combine com o ear cuff ou simplesmente manter o cabelo preso atrás da orelha. Penteados mais elaborados são perfeitos para ocasiões especiais.

Harmonize-o com a roupa

Lembre-se que todo o figurino deve estar em sintonia com ear cuff. Portanto, escolha um look que combine com a peça, observando a harmonia das cores ou o destaque que o vestuário está oferecendo a ela.

Também selecione os demais adornos tendo em mente a harmonia de materiais e tons, priorizando o diálogo entre os acessórios.

Incorpore-o ao seu estilo

Como já dissemos, o ear cuff pode, sim, brilhar nas mais diversas ocasiões. Por isso, explore toda a sua versatilidade, experimentando usá-lo em diferentes situações e com figurinos dos mais básicos aos mais arrojados. Faça-o parte do seu estilo.

Quais os modelos de ear cuff?

A variedade de modelos está limitada apenas à criatividade dos fabricantes, o que significa dizer que existe ear cuff para todos os gostos — dos mais sofisticados e feitos com materiais nobres, como ouro, pedras e brilhantes, aos mais acessíveis ao grande público (caso dos folheados ou semijoias de qualidade e fino acabamento).

Quanto aos modelos, temos os feitos de várias argolas, os com desenhos que acompanham o contorno da orelha, os de corrente, com pedraria, com feitio de animal, os coloridos, os de linhas superdelicadas e os com desenhos modernos. Ufa!

Vale, entretanto, citar dois tipos de ear cuff que se destacam pelo extremo bom gosto:

Com cristais

Para quem busca uma alternativa mais delicada, os modelos com cristais se apresentam como ótima pedida. Alguns são mais vistosos, é verdade, mas o charme que essas peças oferecem é para deixar qualquer look tinindo.

E ainda há opções em cores diversas que podem combinar com determinada roupa, com a cor do cabelo ou mesmo dos olhos. E só escolher a cor preferida e arrasar!

Com banho de ródio negro

O ródio negro dá um toque metálico escuro às peças que moderniza o visual e eletrifica o ambiente. Para momentos de pura sofisticação ou looks rebeldes, noturnos e bem ao estilo rock’n’roll, vá de ródio negro.

Portanto, da próxima vez em que vir alguém usando um brinco que pega a orelha toda, não se sinta excluída. Abrace a moda e lembre-se que há um modelo com a sua cara esperando por você. É só uma questão de respeitar o próprio estilo e personalidade.

Para auxiliá-la nessa busca, aqui vai uma dica de ouro: dê uma passadinha na seção de brincos da loja virtual da Linda Bela. Quer apostar que o modelo que você procura está lá?

 


Comentários