O que é e como usar choker? Conheça a tendência em gargantilhas

O que é e como usar choker? Conheça a tendência em gargantilhas

Controversa, cheia de significados e — principalmente — de atitude, a gargantilha choker está novamente em evidência. Na verdade, é difícil dizer se, em algum momento, ela deixou de estar. Por isso, faz todo sentido saber como usar choker.

Para a maioria dos blogs de estilo, essa tendência retorna após ser moda lá nos anos 90, especialmente por conta das menininhas rebeldes associadas ao estilo de música grunge.

Mas afinal, você sabe o que é e como usar choker? Fique com a gente e aprenda um pouco mais sobre essa tendência em gargantilhas!

O que é choker?

A tradução do nome “choker” do inglês para o português é “sufocador”. No mundo fashion, o choker nada mais é do que um colar que fica bem justo e colado ao pescoço, quase “sufocando” a pessoa que o usa. Por isso, às vezes é chamado de “coleira”.

Essa denominação — “choker” — passou a designar a gargantilha em sua roupagem contemporânea depois que grifes como Chanel e Dior a incluíram em seus desfiles de moda.

Porém, enquanto o que fazia a cabeça das garotas rebeldes dos anos 90 eram fitas de veludo ou de plástico flexível trançado — imitando uma tatuagem tribal —, o que tem conquistado o coração de celebridades são peças muito mais sofisticadas.

Mas não pense que essa tendência é excludente ou que somente uma gargantilha finamente elaborada pode ser utilizada. Ao contrário: fitas, laços, bordados delicados, couro, mas também pingentes e brilhantes podem e devem ser adotados — bastando, para isso, seguir algumas recomendações.

Como usar choker?

Como todo acessório de moda, a gargantilha choker deve ter seu uso orientado pela ocasião. Momentos de descontração pedem modelos mais descolados, enquanto que situações sérias ou formais combinam com colares discretos e refinados.

De qualquer maneira, antes de decidir com qual delas sair, fique atenta às seguintes dicas:

Experimente diferentes materiais

Como já mencionamos, a moda choker é bem democrática no quesito estilo. Com isso, fica fácil complementar o look com os mais diferentes tipos de material: um delicado laço pode conferir um charme especial ao figurino, assim como uma fita larga de cetim deixará o visual mais decidido e poderoso.

Vale a pena, porém, dedicar um pouco de atenção ao couro e às gargantilhas de metal.

No caso do couro, para dar um toque de jovialidade ao seu modelito ou para acrescentar um pouco de atitude a uma produção despojada ou mais rock’n’roll.

Já no contexto do metal, para fazer bonito na balada, conferindo glamour e requinte ao traje de noite, ou ainda para embelezar com delicadeza o pescoço feminino numa ocasião especial.

Nesse último caso, semijoias banhadas a ouro são uma alternativa prática para deixar o look moderno e sofisticado.

Considere o formato do seu pescoço

Normalmente, a gargantilha choker tem duas missões a cumprir: combinar com o look e deixar a região do pescoço ainda mais bonita. Portanto, é necessário levar em conta a sua característica física para não errar na escolha do acessório.

Um pescoço mais fino vai se beneficiar de modelos mais largos, para dar volume à região. Colares com amarrações, detalhes em bordado e pingentes são boas alternativas.

Caso o rosto e pescoço sejam mais arredondados, o uso de gargantilhas delicadas, sem muitos detalhes, ajuda a disfarçar o volume. É interessante ainda posicionar o acessório próximo à base do pescoço — e não no meio dele — de maneira a alongá-lo ainda mais.

Outra dica é usar sua gargantilha choker com blusas decotadas. A região do colo ganhará ainda mais destaque.

Não esqueça dos outros acessórios

Voltando à questão do look, vale destacar que gargantilhas choker combinam muito bem com os demais acessórios inseridos no figurino, como anéis, brincos e pulseiras.

O cuidado está em fazê-los dialogarem, de maneira que um não tire o protagonismo do outro. O uso de materiais similares e cores harmônicas deixará a combinação mais eficiente.

Anote, porém, que o mais bacana é inserir o choker em seu mix de colares. Funciona muito bem.

A regra, aqui, é balancear o peso de cada acessório: uma gargantilha choker mais discreta abre caminho para colares mais chamativos. Já um modelo um pouco mais saliente vai pedir colares mais delicados.

Só evite usar brincos grandes com um mix de colares maiores, para não bagunçar o visual. “Equilíbrio” é a palavra que define o melhor resultado.

Use o choker em segundo plano ou como protagonista

É indiscutível que a gargantilha choker tem o poder de magnetizar olhares, fazendo com que toda a atenção recaia sobre o pescoço de quem a usa.

No entanto, nem sempre esse acessório precisa assumir o protagonismo. Dependendo do seu estilo ou da ocasião, é recomendável deixá-lo em segundo plano, apenas como um complemento esperto do look.

Para isso, é necessário usar modelos mais discretos — uma correntinha delicada, quase imperceptível, por exemplo — ou realizar combinações que deem maior destaque aos outros componentes do figurino.

Por outro lado, se a intenção é dar-lhe realce, basta caprichar no modelo — uma bela gargantilha de metal para combinar com o vestido de noite, entre tantas possibilidades —, escolher os demais acessórios em função dele e deixar seu choker brilhar!

Mas não escorregue no look

Diante do exposto acima, dá para argumentar que o colar choker é uma tendência quase atemporal. Volta e meia some, mas sempre reaparece — como no caso atual em que, turbinada pelo melhor da indústria da moda, se revestiu de uma versatilidade que alcança o gosto de mulheres dos mais variados estilos.

Todavia, não é demais ressaltar que alguns cuidados devem ser tomados para impedir que seu uso se converta numa tremenda bola fora.

Além, claro, de cuidar para não carregar no visual quando a ocasião pedir sutileza, verifique se o modelo escolhido não está ressaltando características do seu perfil que você prefere disfarçar.

No mais, a melhor dica é experimentar diferentes modelos, brincar com variados figurinos e descobrir o que funciona para você.  Lembre-se: há vários materiais a testar, muitas combinações possíveis. O que não existe é ocasião em que a gargantilha não seja bem-vinda. Tudo é questão de saber como usar choker.

E, já que esses colares estão com tudo, que tal renovar o seu acervo com alguns modelos para lá de estilosos? Visite agora mesmo a seção de chokers da loja virtual da Linda Bela. Pode confiar: dá vontade de levar tudo!

 


Comentários