Onde comprar produtos baratos para revenda?

Onde comprar produtos baratos para revenda?

Optar pela revenda costuma ser a estratégia de muitas brasileiras para driblar os tempos de crise financeira. Não apenas porque a dinâmica do dia a dia pede malabarismos para fechar as contas do mês; mas porque realmente dá dinheiro investir nesse negócio.

O sucesso da empreitada, porém, está diretamente ligado a dois fatores: preço e qualidade. Embora muita gente acredite que são extremos que não se conciliam, é possível, sim, comercializar bons produtos a preços competitivos. É, na verdade, uma relação essencial para a prática da revenda.

Para quem está começando, encontrar produtos baratos para revenda pode ser um desafio. Bater pernas em feiras e avenidas de comércio popular, fazer pesquisas na web, seguir recomendações ou confiar na própria intuição — tendo sempre à mão uma calculadora para definir com cuidado as margens de lucro.

Se você também está enfrentando esse dilema, a gente vai dar uma mãozinha e mostrar onde comprar produtos baratos para revenda. Anote aí.

Polos industriais

Dependendo do tipo de produto que se pretende revender e do local de residência da comerciante, existe um longo caminho a percorrer — literalmente falando, é importante frisar.

Isso porque, se você quiser realmente encontrar produtos baratos para revenda, terá muitas vezes que ir buscá-los onde estão as fábricas, adquirindo-os a preços que permitam aumentar a sua perspectiva de lucro.

Ou seja, terá que se juntar aos grupos de “sacoleiros” que viajam a outros estados, onde estão os principais centros de compras, para garantir as novidades que serão ofertadas às clientes na sua cidade de origem.

A primeira providência é identificar os locais de compra mais promissores. No caso dos polos industriais, a vantagem está no fato de se estabelecer um canal direto com o fabricante, o que garante preços bem menores do que negociando com um atacadista (que já aplicou a sua margem na conta).

Entre os parques fabris que interessam às revendedoras, podemos citar:

  • Jaú: a cidade do interior paulista é considerada a capital do calçado feminino em razão de suas centenas de indústrias do segmento. Isso sem contar os shoppings exclusivamente dedicados a vender sapatos;
  • Nova Friburgo: o município da região serrana do Rio destaca-se pela produção de moda íntima. O polo de lingerie responde por mais de 25% da produção nacional.

Polos comerciais populares

Diferente dos centros industriais ligados à moda, o comércio popular, especialmente o estabelecido nas grandes cidades, se destaca pela variedade. É como um shopping a céu aberto — só que com preços de atacado.

A principal vantagem dessas “mecas” das compras é que está tudo à mão. De vestuário a bijuterias, de utensílios domésticos a artigos de decoração, de coisas completamente descartáveis a artigos de qualidade. Basta seguir o fluxo de compradores para encontrar produtos baratos para revenda às pencas.

O problema, novamente, é a distância — caso você não more próximo de São Paulo. Não há dúvida de que os melhores endereços de compras estão na capital paulista, o que pode significar algumas horas na estrada ou o custo sempre alto de uma passagem aérea.

Por outro lado, é uma viagem que deve compensar, se considerarmos que até lojistas fazem viagens periódicas a Sampa para abastecer seus comércios. Entre os locais que essa turma visita, estão:

  • 25 de Março: o famoso corredor de compras do centro de São Paulo é um gigantesco comércio popular — o maior da América Latina. Suas lojas vendem de tudo e é preciso disposição e paciência para garimpar as melhores ofertas;
  • Brás: o tradicional bairro paulistano tem se notabilizado como um polo de vestuário, com milhares de estabelecimentos dedicados a vender seus produtos a preços baixos.

Feiras setoriais

As feiras setoriais também representam uma alternativa para quem procura produtos baratos para revenda.

Normalmente, são eventos que reúnem os principais fornecedores de determinado segmento e representam um espaço interessante para fazer contatos, conhecer as principais tendências e adquirir produtos a preços mais baixos.

Mas, assim como acontece com as opções anteriores, o principal entrave fica por conta da distância. É comum que as feiras mais importantes ocorram nas capitais, o que pode ser um pouco fora de mão para quem vive distante, exigindo um investimento de tempo e capital para poder conferir.

Ainda assim, a depender da importância do evento para o setor e do seu caixa, vale marcar a data na agenda e programar uma visita.

Entre as feiras mais importantes do universo feminino, estão:

  • Beauty Fair: feira internacional de beleza, a Beauty Fair reúne em São Paulo profissionais e representantes da indústria e do varejo do segmento de cosméticos. O evento conta com mais de 2 mil marcas, além de palestras e workshops;
  • Couro Moda: feira do segmento de calçados e acessórios, a Couro Moda acontece anualmente no mês de janeiro, em São Paulo, reunindo lojistas de todo o país e atraindo compradores de toda a América Latina.

Lojas virtuais

As vendas no atacado pela internet possuem a grande vantagem de eliminar o problema da distância. Do conforto do lar, a revendedora escolhe os produtos que deseja comercializar e só tem que esperar a encomenda chegar.

Este, entretanto, é o principal gargalo da compra de produtos pela web: o tempo de entrega. Como o país é servido por uma infraestrutura de correios nem sempre confiável, as peças podem demorar a chegar — o que sempre aborrece as clientes.

Por outro lado, existem opções de envio mais eficientes, ainda que por um custo um pouco maior. É tudo uma questão de se programar, racionalizando as remessas e testando os fornecedores mais habilitados nesse quesito.

Não esqueça também de avaliar a confiabilidade do site e suas políticas de garantia. Por exemplo, se você pensa em revender semijoias, tem na Linda Bela um importante parceiro. Além da qualidade, da eficiência e da garantia de procedência, você tem a certeza de obter ótimos preços.

Portanto, existem muitos caminhos para quem pretende comprar produtos baratos para revenda. Independentemente de qual se encaixa no seu planejamento, não deixe jamais de prezar pela excelência no atendimento, na pesquisa e conhecimento do seu mercado e, principalmente, na garantia de satisfação do produto.

E esteja pronta para se dedicar ao máximo. Seguindo esse roteiro, seu sucesso está pavimentado!

Para fechar, que tal ampliar o seu know-how sobre o tema? Dê um clique e veja 6 mitos e verdades sobre a revenda de produtos.

 


Comentários