Perdi o emprego, e agora?

Perdi o emprego, e agora?

Não é raro encontrarmos profissionais bem-sucedidos que em algum momento de suas carreiras tenham enfrentado períodos de desemprego. São casos mais comuns do que poderíamos pensar, a princípio.

Tendo isso em vista, quem perdeu o emprego nos últimos tempos deve ter em mente que essa é uma situação provisória e que há muitas soluções possíveis para contornar esse momento de dificuldade.

Neste post trouxemos uma série de dicas e estratégias para quem perdeu o emprego e ainda não sabe como agir. Acompanhe!

Aperte o cinto e corte gastos

O primeiro passo a ser dado por quem perdeu o emprego é ‘apertar o cinto’. Isso significa redimensionar seu gasto mensal e, por consequência, o de sua família.

Nesse momento, a regra é fazer um planejamento de médio/longo prazo visando a manutenção daquelas despesas, estritamente, necessárias e interromper os gastos, reconhecidamente, supérfluos.

Cabe, a essa altura, promover um esforço de diálogo com seus familiares para elucidá-los quanto a nova realidade. A partir disso, todos, de forma conjunta, devem avaliar quais bens e serviços a família consome e não pode ou, pelo menos, não deveria consumir mais.

As restrições podem ir desde a busca por economia no supermercado a dar preferência ao transporte público. Outras formas de economizar passam por: opções de lazer mais em conta, optar por planos de internet e telefonia móvel mais em conta, entre outras coisas.

Mantenha seu networking ativo

Um grande aliado da recolocação profissional no mercado de trabalho é um bom networking. Dessa maneira, quem está lidando com a difícil realidade de uma demissão e busca uma nova oportunidade não pode deixar de lado sua rede de contatos.

Para isso, vale falar com antigos colegas de diferentes empresas por onde você tenha passado. Isso porque, boa parte das seleções em muitas organizações acontecem sem a divulgação necessária, de modo que somente com informações dos próprios funcionários é possível se informar sobre o processo seletivo.

Invista em qualificação

Aproveitar o tempo livre para investir na qualificação profissional é mais uma dica importante para quem perdeu o emprego.

Em muitas áreas existe a oferta de diversos cursos de pequena duração que têm o potencial de elevar o currículo de quem está em busca de uma oportunidade de trabalho.

Atualmente, com a disseminação da modalidade de ensino a distância há a possibilidade de alcançar qualificação profissional sem sair de casa. Além disso, existe um grande volume de cursos e capacitações gratuitos em diferentes plataformas e formatos.

Encontre uma fonte de renda alternativa

Outra oportunidade que se abre para quem está desempregado é a possibilidade de garantir uma renda alternativa trabalhando por conta própria.

Neste sentido, assistimos, hoje, a disseminação de empreendedores individuais abrindo novos negócios em busca de uma fonte de renda. Há ramos muito variados, uns mais e outros menos rentáveis.

Um exemplo de segmento consolidado e de muita rentabilidade é a revenda de semijoias. Trata-se de um tipo de produto considerado de fácil ‘saída’ e que encontra boa receptividade no público feminino.

Muitas mulheres, em pouco tempo, têm alcançado rendimento mensal equivalente ao de suas profissões atuando como revendedoras.

Gostou das nossas dicas sobre o que fazer para quem perdeu o emprego? Se o trabalho autônomo foi uma das dicas que mais lhe chamou a atenção, então aproveite para conhecer a proposta da Linda Bela!

 


Artigo publicado originalmente em julho de 2017 e atualizado em setembro de 2021 pela equipe da Linda Bela.


Comentários