Vantagens e desvantagens da revenda por catálogo

Revenda por catálogo: conheça as vantagens e desvantagens

Quem está em busca de uma renda extra pode se tornar uma revendedora autônoma e iniciar as atividades sem muita burocracia. Atualmente são diversas as marcas que oferecem essa opção, sendo possível realizar a revenda por catálogo ou trabalhar com a pronta entrega dos produtos.

Cada modalidade de negócio funciona de uma maneira diferente, enquanto na revenda por catálogo não há necessidade de ter o produto físico para apresentar às clientes, a outra forma de trabalho exige essa disponibilidade.

Quer saber quais são as vantagens e as desvantagens de quem opta trabalhar com a revenda por catálogo? Então continue a leitura deste post!

Vantagens da revenda por catálogo

Essa forma de revenda é atrativa por oferecer uma série de possibilidades, sendo que algumas merecem destaque:

Baixo investimento inicial

Para começar a revender nessa modalidade não é preciso fazer um grande investimento inicial. Na verdade, em alguns casos não é preciso nenhum tipo de investimento financeiro. Basta se cadastrar para ter acesso aos catálogos e começar a revender.

Não tem estoque parado

Não há necessidade de ter produtos na pronta entrega, uma vez que todos os pedidos são feitos baseados em encomendas. Isso ajuda a evitar o risco de alguns itens ficarem encalhados no estoque devido à baixa procura, acarretando prejuízos financeiros.

É mais seguro

Não é preciso ficar se deslocando de um lugar para outro com um monte de produtos para apresentar às clientes. Isso diminui o risco de assalto ou perda de algum item. Apenas com o catálogo é possível oferecer toda a mercadoria com que se trabalha, não chamando a atenção de criminosos.

Desvantagens da revenda por catálogo

Entretanto, mesmo havendo fatores que atraiam as revendedoras pela modalidade de revenda por catálogo, existem outros que acabam afastando.

Não se demonstra o produto

Muita gente quer ver o produto físico para que possa analisar antes de comprar, o que o catálogo não permite. Isso impede que a pessoa prove ou tenha uma melhor noção de como ele funciona, levando à desistência de aquisição.

Não gera compras por impulso

O ser humano tende a comprar muitas coisas por impulso e quando elas estão na sua frente e podem ser tocadas, essa chance aumenta. Por exemplo, no caso de um anel, se a cliente provar e gostar não precisa nem tirar do dedo, já pode ficar com ele!

Prazo de entrega demorado

Não tem nada pior do que comprar uma coisa e ter que ficar aguardando ela chegar; quem adquire um produto quer ter acesso a ele logo. Quando se trabalha com catálogo é preciso esperar um determinado tempo para que o pedido seja feito e recebido, e isso acaba desestimulando a compra.

Sem falar que nesse caso não se consegue comprar presentes de última hora, em vésperas de Natal, por exemplo.

Conclusão

A revenda por catálogo pode garantir bons negócios quando se trabalha com os produtos corretos. No caso de marcas de cosméticos consagradas como Avon e Natura, costumam funcionar bem uma vez que seus produtos são bastante conhecidos.

Já para vestuários e acessórios como semijoias, as clientes desejam provar o que estão comprando, sendo melhor trabalhar com a pronta entrega.

Quer ajudar uma amiga que está pensando em trabalhar com a revenda de produtos? Então compartilhe este artigo nas redes sociais!

 


Artigo publicado originalmente em março de 2017 e atualizado em novembro de 2018 pela equipe da Linda Bela.


Comentários